quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Lagrimas Púrpura


Eu nunca tive a intenção de te fazer sofrer
Eu nunca tive a intenção de te causar desgosto
Sim, só te quero ver a sorrir
Só te quero ver sorrindo como uma estrela brilhante.
Eu nunca quis fazer-te mal
Só quero ser teu amigo e nada mais
Eu, nunca poderia roubar o teu coração
Porque o nosso amor é platónico
Só te quero ver feliz, com outro alguém
Mas não comigo.
Os tempos estão mudando
Está na hora de separar os nossos corações
Continuamos ser amigos, como sempre,
Isso significa que tu só és uma amiga
Não estejas triste
Nem chores porque eu não mereço
Uma só lágrima tua.

Tu dizes que qualquer mulher
Deseja um homem como eu
Não sou nada de especial
Acho melhor que feches a tua mente.
Esquecer-me para sempre como amor
Não te deixes levar por uma loucura
Porque eu só amo minha mulher
Não chores lágrimas de chuva púrpura
Porque eu não mereço
Que sofras por mim.
Sou apenas um amigo sem intenções
Porque eu só amo minha mulher
Só quero que tu me entendas
Só quero ver te feliz com outro alguém
MDP >ano 2000 <

sábado, 21 de dezembro de 2013

sábado, 14 de dezembro de 2013

ESTRELA BRILHANTE



 Viajando pelo meu Universo,
Vejo o tremular duma estrela a brilhar,
Na escuridão, desse universo sem fim
Vejo a bailar lara minha neta
És uma  estrela brilhante
Com poemas, histórias
Música no coração...
No sentido que os olhos da mente
Dum poeta vê.
Seus escritos lindos cheios,
De tanta alegria e emoção,
No céu, formam rastos
Luminosos dos cometas,
Que viajam pelo universo
Energia que fazem brilhar as estrelas.
Felizes momentos, que se escreve
Obras de arte pelas constelações
Pela estrela brilhante ilumina 
Pequeno quadrante do universo!