sábado, 28 de janeiro de 2017

SER POETA




Deixa mostrar o que é ser poeta
É navegar no mar revoltoso
Navegar no mar de almas
Lutado entre as ondas e o vento
Sem errar e crer para não engolir
Na isolação e no silencio
sem grito de agonia, para não morrer
resistindo há fúria desse terrível mar…
Na madrugada, alcancei terra
Só vi areia e solidão
Na areia escrevi, em cada linha escrita,
um pedaço do meu coração.
MD

Copyright "©"

Sem comentários:

Enviar um comentário