quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Caminhando à beira do mar


Caminhando à beira do mar
Meu passeio do dia adia
Ouvi a deusa do mar
a cantar, cantos de alegria
O canto que me dizia
Que vou passar noites frias
Tens tanto para andar
Tua vida é fria
Desde então estive a esculpir
O percurso da minha vida
Senti no meu peito Alegria
Ouço alguém a gritar
Aproveita o belo dia
Sentei-me a descansar
Á manha vais para o ultramar
Pensa no á manha
Á manha vai para o ultramar
Entre o céu e o mar
Entre a vida e a morte
O meu peito está a bater
Sinto o meu peito a tremer
A Deusa com sua suave voz
Dizia, vai em frente mas sem temer.
MDP