sábado, 16 de novembro de 2013

Vocês são o reflexo de mil sóis.



Há, quero tanto escrever

Quero-te para além da minha alma:
Os movimentos da minha mão
Minha mente Imagina e circunda
 Circundado a minha caneta com calma
Para espirar em mim, meus poemas.

Há quem me queira tanto,
Para além do nosso universo
Eu também quero que me leiam…
Para cessarem os impulsos dos meus desejos.




Desejo para além da minha escrita
Desejo vos abraçar com um sorriso
Aqueles que tapam o sol
Mas eu desejo colher
Sabor do nosso sol.

Preciso das palavras que compõem as frases
 Para além das minhas aspirações, e do coração
Do despertar dos meus olhos com alegria
Preciso de sentir que as pessoas gostam de mim 

Amo aquilo que faço e para além do agora
Amo hoje, e o futuro também.
Há quem me queira tanto
Vocês são o reflexo de mil sóis.
MDP

Sem comentários:

Enviar um comentário