terça-feira, 4 de novembro de 2014

É difícil explicar por palavras


Parece que sei qualquer coisas sobre o Universo Supremo
É difícil explicar por palavras
São inexplicáveis o que sinto,
Pois não possuem teorias
Que explique e são de natureza para algumas pessoas, contra toda a sua normalidade.
É como conhecesse desde sempre
Desde o ventre de minha mãe, o sol me bainhou,  
Olho para as estrelas para ver e contemplar,
Recebo suas energias
Como me sinto livre, eu sou também energia


Desde que eu nasci, conheço-as desde sempre
Por isso sou um solitário, é no silêncio que a inteligência renasce
Porque ninguém a credita naquilo que eu imagino
Naquilo que não se vê, mas sinto.
O que eu creio
São coisas inexplicáveis,
Tudo pode acabar
A vida não é apenas viver mas sim saber
Já nasci á meio século
Ainda estou a começar
Algo acontece quando estou bainhado pelo luar
Quando olho para o universo
Eu me pergunto a mim a mesmo
Porque que o homem é tao severo com a natureza
Há, de vir o tempo que o homem vai fisicamente
Confrontar o universo, confrontar planetas
A chuva de meteorites
Mas cuidado existem outros seres
Que são senhores do universo
A vida não é apenas viver mas sim saber
É o exterior me ensinam a refletir,
Não aceito manifestos, é duvidar…
Não tenho que ser o que os outros são
O futuro está em minha mente
A vida não é apenas viver mas sim saber
mdp

Sem comentários:

Enviar um comentário